segunda-feira, 15 de outubro de 2007

Belos e Malditos

Letícia. Professor Girafales (nosso bom "Mestre Lingüiça"). Leir, Márcio "Coxinha". Iole. John Keating, Louanne Johnson, Glenn Holland e Mark Thackeray. Flávio Wolf de Aguiar. Paulo Freire.

Eu realmente não desejo mal a nenhum de vocês, e nem poderia a alguns. Escolhas sempre foram minhas, sei disso. Mas hoje, diferente de dois anos atrás, malditos sejam vocês, belos e malditos.

Um comentário:

Dani disse...

Para o "meu" professor predileto.

Ser Mestre

Tarefa difícil, mas não impossível, tarefa que pede sacrifício incrível!

Tarefa que exige abnegação, tarefa que é feita com o coração!

Nos dias cansados, nas noites de angústia, nas horas de fardo, de tamanha luta, chegamos até a questionar: Será, Deus, que vale a pena ensinar?

Mas bem lá dentro responde uma voz, a que nos entende e fala por nós, a voz da nossa alma, a voz do nosso eu: - Vale sim, coragem!

Você ensinando, aprende também. Você ensinando, faz bem a alguém, e vai semeando nos alunos seus, um pouco de PAZ e um tanto de Deus!