segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Quem sou eu

"It's hard to say what it is I see in you
Wonder if I'll always be with you
Words can't say, I can't do
Enough to prove it's all for you"

-- curioso como All For You, de uma banda "normal" como o Sister Hazel, poderia me tirar as palavras da boca.

* * *

Hoje fui tentar escrever meu perfil aqui no blog, pra ficar uma coisa mais... sei lá, arrumadinha, ou pelo menos informativa pra quem resolver ler, até inspirado por uns outros blogs que eu costumo ler.

Professor por vocação, advogado-wannabe por necessidade. Paulistano e mineiro. Cansado de nadar contra a maré e de reclamar, de tentar mudar alguma coisa de um jeito mais romântico. Uma constante sensação de que o mundo está errado, e começando a aceitar uma conformidade um tanto incômoda. Otimista, especialmente nas pessoas, ainda que desacreditado de uma juventude tão vazia. Movido a música, cinema e literatura, ainda que ultimamente com muita preguiça de pegar em livros só por prazer. Bebedor de primeira, mas com medo dos efeitos fora do corpo. No trabalho, confundem Ctrl + F (ligado há tempos) com paciência. Sentimento de culpa em excesso por coisas que fogem ao controle e não pelas coisas que deveriam realmente gerar isso. Hiperativo, ligado no 220V, mas estático e por vezes (demais) completamente mole. Sonhador estranhamente com os pés no chão. Corinthiano, roxo, sofredor, que não tem mais muita paciência de sentar na frente da TV pra ver um jogo. Amigo, mais sumido do que presente, e mudando isso com quem merce. Sincero, mas ótimo em mentir se preciso for. Uma criança no corpo fora de forma de um quase homem. Um violão em casa; facilidade e gosto para línguas; por falta de tempo, dinheiro e motivação, mais potenciais (será?) que estão se perdendo. Um TOC fortíssimo de organizar as coisas, mas justamente porque a vida está bem bagunçada, bem como Rob Gordon sempre faz com seus discos.

Daí, eu cansei de pensar, e resolvi voltar minha atenção à labuta ingrata de uma segunda-feira de escola voltando de férias.

Um comentário:

Dani disse...

Li aqui e depois li o que realmente está escrito no seu perfil... aí entendi pq me vi na sua descrição! Aquarianos...

Belo texto! É sempre difícil a auto-definição.

Beijo