segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008

Burnham

Lester Burnham: [narrating] It's a great thing when you realize you still have the ability to surprise yourself.

* * *

Beleza Americana é meu filme favorito, ainda ontem eu disse isso. Muita gente, a maioria na verdade, diz que é bom mas nem de longe é o favorito. Bom, é o meu. Ter visto isso com 16 anos e ir morar nos EUA mudou minha perspectiva, sem contar que Lester Burnham (o sempre bom Kevin Spacey) se tornou de certa forma um molde pra mim. Não pela maconha, ou por querer comer a amiga da filha, mas o homem tem as melhores frases que algum filme pode ter. Talvez só Casablanca (que finalmente vi!) tenha diálogos melhores, mas ainda assim... sem contar que o filme em si é visualmente bonito, e a trilha sonora faz milagres - a última cena do filme, por exemplo, quando ele conta o flash da própria vida. Sim, eu choro nela.

Mas hoje eu vi, às 9 da manhã, como essa frase acima é verdadeira. Como é bom perceber que você ainda consegue se surpreender, ainda que o "truque" matinal não seja nenhuma novidade, e me fez ver melhor ainda como eu gosto de andar de ônibus em São Paulo.

Lester e Tati, muito obrigado. Se jogar é impreciso, Pessoa, mas preciso também.

5 comentários:

Anna Carolina disse...

isso, certamente, me faz muito feliz (andar de omnibus). pensava nisso ainda hoje e na capacidade de ainda me surpreender e no quanto amo essa cidade. e vem vc e... bingo!

Bruna disse...

É um dos meus filme favoritos também, you know? E se eu posso dizer, meio que mudou a minha perspectiva sobre várias coisas. Mas pra mim a melhor frase é a do menino (que eu não lembro o nome), faz tempo que não assisto, então pode estar meio errado: "there's so much beauty in the world, that it seems that my heart is going to explode..."

E é filme de chorar mesmo...

Paulo Tiago disse...

Hum, Anna, é que rola um transmimento de pensação. rs Menos pra parte de amar SP, sorry. Tem até post sobre isso.

Bruna, o nome dele no filme é Ricky Fitts, e a frase exata - que ele fala pra Jane, com olhos mareados - é "Sometimes there's so much beauty in the world I feel like I can't take it, like my heart's going to cave in". Adoro essa parte, até porque concordo com ela em número gênero e grau.

Chu disse...

Esse filme é FODA. Mas me lembra um episódio "triste": a Globo passou "Beleza Americana" na Tela Quente há uns anos. Eu ainda trabalhava como burocrática na Alumni e nas horas de almoço todo o pessoal burocrático se reunia no refeitório. Entre os assuntos do dia, comentaram sobre o filme. Que era uma grande bosta, que não tinha beleza nenhuma, muito menos americana, e a atriz nem tinha peito pra ser considerada bonita. Eu quase engasguei e tive um ataque. Depois desse dia eu passei a sair da escola pra almoçar sozinha com mais freqüência que antes.

Sandro disse...

Ai, a sacolinha está voando, que lindo! Ah, que filme de bochola! Você era mais machão no colegial Paulo! Mas parece que fez letras e virou viado!

Poste alguma coisa falando bem do Rambo IV pra se redimir.