domingo, 29 de julho de 2007

Seja estúpido!


"Honestly, if you're not willing to sound stupid you don't deserve to be in love."

A frase dita por Amanda Peet, no filme "De Repente É Amor" (em inglês, "A Lot Like Love"), diz bem qual a sensação de se estar apaixonado... não apenas soar bobo, mas SER bobo. Ser tonto, se deixar levar, ter sorrisos bobos que ninguém explica. Achar que tudo tem mais graça do que elas realmente têm, e se ninguém entende, paciência. Não são todos que têm a sorte de se encontrarem em tal estado de espírito. Tudo bem que cantar Bon Jovi super desafinado não é exatamente algo que eu faria, mas vale a intenção, não é Ashton?

Ou seja: não sinta vergonha, se jogue, entre na coisa. Afinal de contas, a gente nunca vai saber se é a coisa certa se não tenta, e tem como tentar sem ir a fundo? Drummond mesmo falou sobre isso ("A dor é inevitável. O sofrimento é opcional."), ainda que não fosse sobre exatamente a mesma coisa, mas se pensarmos, é bem por aí... ir a fundo pode ser o caminho para a dor, mas se correr esse risco além de necessário, vale a pena. Poucas situações nos dão a oportunidade de fazermos tudo que temos vontade e ainda assim gostar disso, nos sentirmos bem, sem nos importarmos com as reações alheias.

Tanta gente se preocupa com o que os outros vão dizer, mas numa relação assim vale a pena manter em mente que são duas pessoas, e mais ninguém. O famoso "nós dois e o resto do mundo", que passa a ser verdade à medida que nos dedicamos mais e mais a esse mundinho particular e bobo que é o de quem está com o coraçãozinho palpitando por um outro alguém. Se você acha que merece amar alguém, estar apaixonado, não se reprima, afinal são só você e ele(a).

Seja estúpido(a), e se esforce para garantir que seja o tanto quanto conseguir. Eu faço a minha parte, e às vezes consigo.

7 comentários:

maíra disse...

Uma palavra:Raridade.
Isso porque nos dias de hoje o que mais se escuta por aí são meninos que dizem não se envolverem por estarem desta forma "protegidos".Eles são estúpidos pois mal sabem eles que se privam de coisas muito bobas que você só sente e vive quando está apaixonado.Mas essas coisas têm um sentido imenso quando isso acontece.
É Paulo Tiago,realmente é bom saber que um cara escreve e pensa assim!!Pena que ele não escreveu há alguns anos atrás.Rs.
Te adooroo...Saudadesss!!
Beijosss!!

Larissa disse...

Ai, eu adoro isso!!!

Dani disse...

E às vezes consegue? Tsc, tsc... Tem olhado bem pra minha cara ultimamente? ;) Esse é um privilégio de poucos e agradeço todo dia por ser meu também. Nem ligo de você ter roubado a "minha frase", porque ler esse post me fez abrir aquele sorriso estúpido no rosto que você bem conhece.

Jessica disse...

Que bunitinho!!!!!
Me identifiquei muito com esse seu post!! É justamente isso que estou precisando aprender, a ser estúpida!! hehehe...
Infelizmente, nem todo mundo consegue não ligar pra opinião alheia, ainda mais qdo quem mais te reprime está dentro da sua própria casa!! *sigh
Mas tenho certeza que um dia tb vou conseguir a ser estúpida!! Talvez esse dia esteja mais perto do que eu imagino!! hehehe...

Sandro disse...

É amigo, quem nunca passou por isso foi porque nunca se permitiu amar feito um idiota.

Jessica disse...

Tem o nome de uma música do Joe Wilson que combina muito com esse seu post, é: "You can't be wise and in love at the same time"!!!
hehehe...

Anna Carolina disse...

"a lot like love" é tipo filme da vida pra mim. e eu nem tenho vergonha de admitir isso, veja bem.