quarta-feira, 10 de setembro de 2008

LHC

"It's the end of the world as we know it.
It's the end of the world as we know it.
It's the end of the world as we know it and I feel... fine...fine..."

-- not really, Michael. Mas a letra de It's The End Of The World, do R.E.M., faz sentido total. A menos que o Charles cante no PS.

* * *
Para a tristeza de muita gente, hoje o LHC foi ligado, às 5h38 da matina, e o mundo não acabou. Não temos buracos negros na Europa. Nenhuma explosão - ao menos fora dos túneis dos aceleradores - aconteceu. Isso para a decepção de muitas pessoas que conseguiram ir longe, até porque um projeto de 13 anos e do tamanho que é deve ter alguma segurança, e o próprio Stephen Hawking disse que esses medos eram infundados - se ele fala, tá falado.

Eu, como bom nerd, fiquei super empolgado, vi um monte de vídeos, infográficos, animações e tudo mais pra entender (ou tentar) até onde vai a extensão dessa experiência, e me senti num filme de ficção científica, porque é MUITO legal! Claro, tem gente que nem tava sabendo disso, e eu fico feliz em dizer, pela primeira vez em algum muito tempo, que foram meus alunos que me contaram sobre essa loucura toda. Nem tudo está perdido!

(ok, estou colocando de lado o fato de que eles iriam "fumar uma narga" e fazer sexo se o mundo fosse mesmo acabar)

Bom, mas enquanto o tal fim não vem pra nos atazanar, vale a pena ver um vídeo do YouTube sobre isso, é bem engraçado (notem o sotaque do sujeito e dos franceses, impagáveis!) e viajar em como seria o nosso verdadeiro armagedom, talvez em 2012 como dizem os Maias.

Só sei que eu iria querer estar no ar na hora H, livre como um pássaro, fazendo sky diving, por exemplo. O que minha ex-terapeuta diria sobre isso, eu me pergunto.

4 comentários:

Valéria disse...

hahaha : "Chinese sons of a bitches" e "Mars is laughing at us" !!! XD XD XD zenzazional!

Gabi disse...

você estaria no ar, com um i-Pod no bolso, fones nos ouvidos...
que música escolheria???

Danielle Argibay disse...

O homem querendo brincar de ser Deus!

sergioguilherme disse...

Você é bizarro, Paulo Tiago...